[PT] Casado (♂x♂)? 62

Cap novo de Casado (♂x♂)
Tom está trabalhando no jogo. E como Lin está?

English readers, here’s the English version

 

Capítulo anterior Próximo Capítulo

Casado (♂x♂)? 62

— Você teve aula com ele também? — exclamou Lin, sem esconder a surpresa.

— Sim. E tive o azar de não ser só em um, mas em dois períodos.

— Sem chance! Como isso aconteceu? — perguntou. — Pensei que ele não dava mais aulas depois do quarto período.

— Eu também — disse o rapaz, deixando os ombros caírem. — Mas quando eu tava no sétimo período, houve uma combinação de muitas pessoas reprovarem e precisar pagar de novo, junto a vários alunos tendo aquela disciplina pela primeira vez. Era tanto aluno que precisaram abrir mais três turmas e dei azar de cair com ele de novo.

Lin e a mulher riram.

— Mas que azar — disse ele, tomando um gole de sua bebida.

— Eu lembro. Fui uma das que reprovou, mas dei sorte de escapar dele — disse a outra, sorrindo conforme a memória retornava.

— Por que tanta gente reprovou? Era uma matéria bem de boa — disse Lin com um sorriso torto. Ao menos quando o professor gostava a turma. Se ele odiasse…

— É, mas ninguém estudou naquele mês. Com a Copa e todos os dias de folga por causa dos jogos, era impossível se focar…

— Ah, sim… O campus foi usado como estacionamento quando tinha jogo na arena…

Embora estivessem se divertindo compartilhando histórias da faculdade enquanto jantavam, Lin não conseguia conter os bocejos. Ele estava exausto e não poderia esperar para ir para a casa do Mestre e dormir no sofá ou em qualquer lugar em que pudesse deitar. Ele era o único que se sentia assim, no entanto. As pessoas do mesmo estado que encontrou no seminário não pareciam cansados.

— Tá ficando tarde. E preciso pedir um uber…

— Que isso? Vamos, Lin. Fica — disse o cara. — É raro encontrar tanta gente de Pernambuco no mesmo seminário.

— É, Lin. Não deixa a gente — disse a mulher. No entanto, pelo olhar que recebeu, ela queria mais que ele fosse para que ela pudesse ficar com o cara.

Eu vou ser a vela aqui, pensou, tentando e falhando em conter outro bocejo.

— Preciso mesmo ir. Eu vou dormir numa casa que fica a uma hora daqui de carro. Com esse trânsito, aposto que serão duas horas.

— Aí não tem jeito — disse ela. — Que tal terminarmos aqui e irmos pra algum lugar mais reservado?

Lin sorriu mentalmente. Não era a primeira vez que havia ajudado uma garota a ficar com alguém. Parece até que tô na faculdade de novo, pensou enquanto pedia a conta ao garçom. Quando ele viu o quanto custou, arregalou os olhos. Caralho! Tudo é caro demais em São Paulo! Graças a Deus que não moro aqui.

Feliz que concordaram em pagar apenas o que consumiriam de antemão, Lin deixou sua parte da conta, se despediu dos colegas e usou o aplicativo para pedir um carro. Enquanto ia até a casa do Mestre, ele se esforçou para não pensar em dinheiro.

Tom pagou a passagem e a inscrição no seminário por mim. E também falou pra não me preocupar e aproveitar ao máximo essa oportunidade. É isso que vou fazer, pensou, olhando para a janela. Enquanto esperava, o trânsito ficou horrível. Embora ele geralmente gostasse de conversar com o motorista, ele ficou feliz pelo homem não puxar assunto dessa vez. Aposto que ele está cansado após um longo dia.

Para sua sorte, tentar batalhar contra a vontade de dormir foi distração o suficiente, e ele chegou ao endereço que recebeu de Tom bem mais rápido do que esperava. É aqui, né?

Era um prédio simples. Após o porteiro informar que ele chegou, ele foi para o apartamento do Mestre, batendo na porta.

Para sua surpresa, quem abriu a porta para ele foi Ericka, a cosplayer e web designer que fez seu blog.

— Lin! Há quanto tempo! — disse, abraçando-o.

— E-Ericka? O que você tá fazendo aqui? — piscou ele e devolveu o abraço após a surpresa passar. — O Tom me enganou dizendo que era o apartamento do Mestre em vez do seu?

— Você acha mesmo que o Verdão ia te enganar assim? — Ela riu e negou com a cabeça. — Melhor ainda, acha mesmo que o Verdão consegue enganar alguém com mais de cinco anos?

— Ele pode até conseguir, mas nunca conseguiria me enganar. Eu nunca cairia. — Apesar do cansaço, Lin não teve como ficar sem rir daquilo.

— Se é você quem diz, quem sou eu pra argumentar. E, respondendo sua pergunta, é apê do Mestre sim. Estou me aproveitando da hospitalidade dele, que nem você. Né mesmo?

Não houve resposta. Logo ele percebeu o motivo. O homem que Lin assumiu ser o Mestre estava concentrado demais no notebook e nos vários cadernos ao redor dele.

Eu vi a mesma cena em casa, pensou, lembrando do dia em que chegou e encontrou Tom animado enquanto trabalhava no programa. Uma pena ele não poder fazer o que ama.

— Oi, Mestre. É bom conhecer você pessoalmente.

Ele não respondeu. Nem pareceu perceber que alguém falava com ele.

— Liga não. Ele tá me ignorando desde que cheguei também — suspirou Ericka. — Garotos ficam excitados demais com seus joguinhos.

— Realmente. — Lin riu. — O que você tá fazendo aqui, aliás?

— Um evento. A grana anda curta, por isso pensei em economizar um pouco descansando aqui. Por sorte, aqui fica perto do local do evento. Tudo é muito caro.

Lin assentiu e deixou os ombros caírem.

— Não dei a mesma sorte. Meu seminário fica longe demais. Mas fico feliz de poder ficar aqui. Se ficasse em um hotel, tudo seria ainda mais caro.

— Verdão disse. Tais sofrendo.

— Quando você falou com o Tom?

— Quando saí do evento — ela disse, indicando o notebook do GM. — Mas seu namorado tá ocupado demais com o jogo e mal respondeu. Que deselegante. Melhor contar um pouco do passado vergonhoso dele só para ele aprender.

Embora tivesse rido, Lin ficou mais interessado no computador.

— Tom?

— Oi, Lin. Você chegou bem aí? Eu tava prestes a te ligar. — A voz do namorado veio dos autos falantes do notebook. — Como foi o resto do seminário?

— Foi ótimo. Tivemos uma prova para ver se tínhamos aprendido, e eu gabaritei.

— Isso é ótimo, amor.

— Valeu. O que você tá fazendo?

— Salvando a minha bunda — respondeu o Mestre pela primeira vez. Ele não tirou os olhos das anotações que escrevia com afinco.

— É o programa de RPG de mesa. Como tive tempo hoje, estou dando uma mão — disse Tom. Embora Lin não pudesse ver o rosto dele, ele sabia que o namorado estava sorrindo.

— Fico feliz que esteja se divertindo.

— Eu dei sorte que você o deixou sozinho o bastante pro cara ficar entediado e querer me ajudar — murmurou o Mestre, as mãos mal saíram dos cadernos e foram direto pro teclado. — Fiz algumas mudanças. Pode implementá-las agora?

— Sim, já vai.

— Vou deixar os dois em paz — disse Lin, sorrindo, enquanto se afastava. Depois ele soltou outro bocejo, o maior até então.

— Eles tão assim desde que cheguei aqui — disse Ericka, suspirando e balançando a cabeça. — De qualquer jeito, tem o banheiro se quiser tomar banho. Mas devo avisar que só tem água gelada.

— Não sou exigente.

— Mas eu sou. Vou deixar passar dessa vez por que ele vai nos deixar dormir na cama dele. Da última vez em que estive aqui, precisei dormir no sofá. Minhas costas quase me mataram no dia seguinte. Não ajudou em nada meu cosplay ter saltos também. Achei que ia morrer.

Lin riu, mas depois olhou para as costas do Mestre.

— Ele vai deixar a gente usar a cama dele?

— Se preocupa não. Programadores são criaturas noturnas. Ele vai ficar trabalhando no jogo a noite toda.

— Eu ouvi isso, tá — reclamou ele, embora não tivesse olhado para ela.

— Ótimo.

Lin riu e bocejou de novo. Ele estava chegando no limite.

— Obrigado por me deixar ficar aqui — disse.

— Sem problema. — Ericka sorriu.

— Ele estava falando comigo — murmurou o GM.

Rindo, Lin foi para o banheiro.

Capítulo anterior Próximo Capítulo

Obrigado por lerem
Espero que tenham gostado.
Casado (♂x♂) está chegando no final, e espero que leiam até lá XD

Até sair o próximo cap, curtam outras histórias BL como Por Favor Me Chame de Professor e O Nadador e o Assistente

About phmmoura

Just an amateur writer who wishes to share the world inside his head.
This entry was posted in Casado? and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to [PT] Casado (♂x♂)? 62

  1. Pingback: [PT] Casado (♂x♂)? 61 | PHMMoura

  2. Pingback: [PT] Casado (♂x♂)? 63 | PHMMoura

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s