[PT] Casado (♂x♂)? 56

Cap novo de Casado (♂x♂)
O mundo mudou muito desdo último cap.
Espero que Tom e Lin consigam colocar um sorriso no rosto de vocês nesse momento

English readers, here’s the English version

 

Capítulo anterior Próximo Capítulo

Casado (♂x♂)? 56

No momento em que Lin dobrou a camisa e colocou dentro da mala, Thomas a tirou, colocando sobre as outras roupas que já tinha tirado da mala.

Lin não reagiu enquanto olhava para o namorado, que fazia o seu melhor para conter o sorriso. Sem tirar os olhos de Thomas, ele pegou um par de calças e colocou na mala sobre a cama do casal.

Novamente, o namorado tirou a peça de roupa da mala.

— Dá pra parar de agir como uma criança e me deixar fazer a mala? — reclamou Lin, de cenho franzido.

Ainda que ele parecesse irritado, Thomas sabia que seu amado estava prestes a sorrir.

— Não — disse com um tom infantil.

— Parece que eu amo muito meu emprego. — Lin revirou os olhos e balançou a cabeça.

— Não entendi.

– Isso só pode ser um sonho em que meu namorado virou uma das crianças que vejo todo dia no serviço — brincou. — Não tem como o homem que amo ficar tirando as roupas da mala só pra me impedir.

— Não tem jeito. Tô tentando atrasar essas malas o máximo possível.

— Eu vou te dar sorvete.

— Mesmo que me trate como criança, eu não vou cair nas suas propinas tão facilmente.

— Se parar de agir como criança, eu paro de te tratar como uma.

— Não.

— Sei que você tá fazendo isso pra atrasar a ida pros seus pais, mas a gente vai de qualquer jeito, portanto vamos terminar isso logo. — Sorrindo, Lin se afastou do guarda-roupa e encarou o namorado.

— Precisamos mesmo? — amuou-se Thomas. — Todo mundo vai ficar falando da gente.

— É o aniversário da sua mãe. Acho que quem vai ficar nos holofotes é ela. Duvido que as pessoas vão se importar que estamos namorando.

— Se você falar isso de novo me olhando nos olhos, eu te ajudo com a mala — Lin tentou, mas logo desviou o olhar. — Viu? Você sabe que nossas famílias vão ficar falando da gente.

— Eu não me importo. Tenho certeza de que eles sabiam que a gente acabaria namorando. Sempre ficaram formando casalzinho conosco. — Lin mostrou um sorriso gentil enquanto dobrava a camisa que Thomas tirou da mala.

— Quando você coloca dessa forma… — Thomas corou e coçou a cabeça. — Mesmo assim, eu preferia que não falassem da gente. Acabamos de começar o namoro. Nossas famílias vão colocar muita pressão no nosso relacionamento.

— Que tipo de pressão?

— Você sabe. Casamento, filhos, essas coisas. — A voz dele foi sumindo, olhando para Lin pelo canto dos olhos.

— E dá pra culpá-los? É algo normal em um relacionamento. Especialmente um tão longo quanto o nosso. Sim, nossa infância conta — completou antes de Thomas poder retorquir.

— Tá… Mesmo assim…

— Você pode dizer que é pressão demais, mas já me disse que imagina um futuro em que estamos casados e com filhos. — Lin sentou no colo dele e envolveu os braços no pescoço dele.

— A-Aquilo foi um sonho…

— Você disse isso, mas só ouço que quer ficar comigo pra sempre. E eu também — sussurrou Lin, mordendo a orelha dele. — Sei que você tá ficando sem desculpas agora, então ao invés de me atrapalhar, me ajuda a fazer as malas. Aí, quem sabe, podemos ter um tempinho extra pra gente.

— E usar para o quê? Chegar lá mais cedo? Deus me livre— murmurou Thomas, esforçando-se para resistir a sedução do melhor amigo e namorado. Ele sabia que era uma batalha perdida, mas ainda tentou ganhar o máximo de tempo que podia.

— Pra aproveitarmos. — Lin deu um longo beijo apaixonado nele.

A cabeça de Thomas ficou em branco após o beijo. Quando Lin separou os lábios dos dois e continuou a arrumar a mala, ele ainda podia sentir o gosto de sua boca.

Quando ambas malas estavam prontas, ele as levou até a sala de estar e voltou, despindo-se já. Lin colocou as duas mãos nas maçãs do rosto dele para outro beijo demorado.

***

— Isso foi… Isso foi… — Sem ar, Thomas não conseguiu completar a frase.

— Eu sei. Você foi bem selvagem. — Lin, tão suado quanto o namorado, apenas sorriu.

— Você despertou o meu lado gay selvagem. — Thomas sorriu ao elogio.

— Tirei a sorte grande — disse Lin, sorrindo. — Agora você tá pronto pra ir pros seus pais.

— Argh… — Thomas fez careta e seu sorriso orgulhoso sumiu. — Por que tinha que lembrar?

— Porque preciso que você desça a barraca para podermos ir. — Lin só riu.

Ele estava prestes a descer da cama quando Thomas o segurou pelo pulso e o puxou de volta.

— Precisamos ir mesmo? — implorou mais uma vez, sabendo que não adiantaria.

Ainda sorrindo, Lin suspirou e o beijou.

— Sim, precisamos. E já que eu prefiro não me atrasar e fazer uma entrada chamativa, o que posso fazer em cinco minutos para que você se arrume? Nada que envolva sexo — completou ele no momento em que Thomas abriu a boca.

— Você acaba de tirar toda a graça — reclamou com uma voz de criança mimada, estalando a língua. No segundo seguinte, seu rosto se animou: — Já sei!

Quando Thomas disse seu pedido, Lin não entendeu direito. Ainda assim, ele atendeu. Um instante depois, ele estava na beirada da cama com as duas pernas para fora, e Thomas estava sentado com a cabeça entre as coxas dele.

— Tem certeza de que você quer isso?

— Sim.

— Tudo bem… — Lin fechou as pernas, pressionando suas coxas contra as orelhas de Thomas. — Devo dizer que esse fetiche é novo… Quem iria querer… qual o nome mesmo? Um sanduíche de coxas?

— Muitos otakus. Ser pressionado por coxas grossas e deliciosas é o mesmo que ir pro céu.

Lin soltou um suspiro e riu, balançando a cabeça.

— Se você diz.

Thomas estava se divertindo demais. O calor e conforto era algo que animes não transmitiam. No entanto, ficou ainda melhor um pouco depois.

— Por que estou sentindo algo cutucar minha nuca?

— Posso fazer nada… — Lin corou.

Com um grande sorriso, Thomas soltou-se do sanduíche de coxas e beijou o namorado, saindo da cama de novo.

Capítulo anterior Próximo Capítulo

Obrigado por lerem
Espero que tenham gostado.
Por favor, fiquem em casa se der e se cuidem

Até sair o próximo cap, curtam outras histórias BL como Por Favor Me Chame de Professor e O Nadador e o Assistente

About phmmoura

Just an amateur writer who wishes to share the world inside his head.
This entry was posted in Casado? and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to [PT] Casado (♂x♂)? 56

  1. Pingback: [PT] Casado (♂x♂)? 55 | PHMMoura

  2. Pingback: [PT] Casado (♂x♂)? 57 | PHMMoura

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s