[PT] Casado (♂x♂)? 16

O que? Dois caps de Casado (♂x♂) na mesma semana?
Sim XD
Era uma das surpresas que falei.
Será que vai ter mais?
Quem sabe.
Até lá, aproveite o cap XD

English readers, here’s the english version

Capítulo anterior Próximo Capítulo

Casado (♂x♂)? 16

Oi, Ericka, Thomas mandou uma mensagem para uma amiga com quem não conversava há um tempo.

Ele abaixou o celular, desligou o carro e pegou sua mochila. Enquanto saía do carro, o celular tocou.

E aí, Verde. Faz tempo. Qual a nova?

Thomas foi dividido entre suspirar e sorrir. Faz anos desde que fiz cosplay do power ranger mais foda que tem e ela ainda me chama disso.

Tais ocupada? Mandou ele.

Nem um pouco! Totalmente livre para as próximas semanas! Terminei todos os meus freelas por causa de um evento. É na sua cidade, por falar nisso. Vou dar 100% de mim nisso, respondeu a cosplayer.

Ótimo. Preciso de você pra algo assim que o evento acabar.

O que é?

Web design pra um blog.

Parece moleza. Dindin a mais é sempre bem-vindo.

Claro, mas me arruma um desconto, por favor.

Você sempre foi um pão-duro! Mal ranger Verde, digitou Ericka, seguido por várias letras aleatórias, indicando uma risada. Mas tudo bem. Serei generosa e farei um precinho camarada pra você. Já me ajudou várias vezes. Por que um blog, aliás? Está afim disso agora? Vai fazer um blog do quê?

É um blog de saúde. Sabe, exercício, comer boa comida. Essas coisas, digitou Thomas. No instante em que enviou, ele já se preparava para o que viria.

Como esperado, sua amiga digitou muito mais letras aleatórias.

Fala sério? Um blog de saúde? Você?

Apesar da irritação, ele não tinha como discordar da cosplayer. Sei que parece loucura vindo de mim.

Não é pra mim. É pra um amigo, respondeu Thomas.

Ahhhh. Agora faz sentido. Mas fiquei sabendo que tais correndo todo dia. Vi algumas fotos na sua conta do Trashbook. Você tá um homem mudado. Como se estivesse tentando ser um membro responsável da sociedade. Nunca esperei isso de você.

Infelizmente estou me tornando um.

Haha. Graças a deus estou livre disso, digitou Ericka e então mandou um emoji sorridente. Espera, esse seu amigo é aquela loira lindona?

O cosplayer mandou uma foto da conta dele. Era Lin e Thomas na primeira vez que foram correr. Thomas parecia estar morrendo enquanto o loiro sorria.

Bem, eu meio que estava, pensou Thomas, sorrindo. Não acredito que ela foi no meu perfil pegar a foto dele…

É ele sim. O blog é pra ele.

Mermão, mandou Ericka. Eu vou fazer o blog mais fodástico de graça se ele me ajudar no evento.

Thomas precisou ler algumas vezes para se certificar de que não entendeu errado. Sem chance… ela tá mesmo se oferecendo pra fazer de graça só por isso?

Acho que ela é realmente mais cosplayer que programadora.

Mas, ainda que a mulher trans fosse uma amiga de longo tempo dele, Thomas ainda não sabia se devia topar. Não vou entregar o Lin de bandeja pra uma cosplayer louca assim.

Que tipo de ajuda você quer? Digitou ele.

Algo simples. Preciso que ele use alguns cosplays e fique na minha mesa durante a minha oficina.

O Lin de cosplay…? O coração de Thomas bateu mais rápido enquanto sua imaginação ficava louca. Q-Que tipo de cosplay?

Ericka respondeu a pergunta imediatamente.

Dos fofos e pervertidos! Você também vai amar! Te conhecendo, vai querer ver aquele trap lindo de saia, né não?

Thomas corou e pressionou os olhos. Idiota… ela sabe muito bem no que estou pensando… Tem muitos cosplays nos quais o Lin ficaria lindo…

Vou perguntar pra ele, respondeu ele após controlar a imaginação.

Ótimo! O evento é no próximo sábado. Vou estar na cidade até quarta. Me dê uma resposta o mais rápido que puder. Preciso levar alguns cosplays e fazer ajustes se ele concordar.

Beleza.

Apesar de tentar, Thomas não conseguiu controlar a imaginação. Droga… agora estou imaginando Lin em vários cosplays… com o longo cabelo loiro…

Ele suspirou enquanto entrava no elevador. Não sei se ele vai me aceitar, mas, se aceitar, vai me economizar uma grana e tanto… Eu queria poder fazer isso no lugar da Ericka, mas minhas habilidades como web designer são uma merda…

— Ei, queri… Lin, cheguei — disse Thomas ao abrir a porta do lar dos dois. Preciso arrumar esse hábito… se ele me ouvir chamando ele de querida…

— Hum? Ah, oi, Tom — respondeu uma voz distraída. — O jantar vai ficar pronto logo…

— Excelente! — Ele mostrou um grande sorriso, seu estômago roncando quando sentiu o delicioso cheiro. Mas aí ele viu seu adorável amigo de infância encarando o notebook, muito concentrado. — Tais fazendo o que?

— Hum? Ah, oi… Só tô olhando alguns blogs. Quero ver se tem um bom design.

— Falando nisso, eu acabei de falar com uma amiga e ela… — Antes que ele terminasse, Lin trocou a aba, e uma música alta começou a tocar. — Esses blogs com o rádio irritante ainda existem?

— F-Foi mal… Eu vou desligar… assim que descobrir onde fica… — Enquanto Lin procurava pelo botão, a música continuava.

— Coloque a aba no mudo ao menos — disse Thomas. A música acabou antes que Lin pudesse fazer isso. — Bem melhor…

— Foi mal. Este blog é velho… a última postagem foi de dez anos atrás… que pena. Mas o design é fofo.

— Não se esqueça de mutar antes da… — A próxima música começou antes que ele terminasse de falar. Quando o programador a reconheceu, ele ergueu a mão para impedir Lin. — Espera!

— Quê?

— Não reconhece? — Com um grande sorriso, Thomas moveu a cabeça no ritmo da música.

Lin só balançou a cabeça.

Olhando para seu melhor amigo confuso, Thomas cantou a letra.

Seu sorriso é tão resplandecente, que deixou meu coração alegre. Me dê a mããao, para fugir desta terrível escuridããõ.

Seguindo o que a letra indicava, ele ofereceu a mão para seu colega de quarto.

Lin piscou, surpreso. Embora um tanto confuso, ele sorriu e aceitou a mão.

— Desde o dia em que eu te reencontrei, me lembrei daquele lindo lugar, que na minha infância era especial para mim. — Thomas cantou com muita vontade. Acompanhando a letra, ele dançou com o melhor amigo. — Quero saber, se comigo você quer vir dançar, se me der a mão eu te levarei, por um caminho, cheio de sombras e de luz. Você pode até não perceber, mas o meu coração se amarrou em você. E precisa de alguém pra te mostrar o amor que o mundo te dááá! Vem, Lin, canta comigo!

— Mas os vizinhos… — Lin sorriu enquanto corava e eles dançaram na sala de estar. Depois ele riu.

Meu alegre coração palpita por um universo de esperança. Me dê a maããão, a magia nos esperaaa!  — Thomas sorriu enquanto eles cantavam juntos, sua voz ficando ainda mais alta. — Vou te amar por toda a minha vida, vem comigo por este caminho! Me dê a mããão! Pra fugir desta terrível escuridãããão!

Quando a música acabou, ambos suavam e arfavam um pouco. Eles olharam um para o outro e riram ao mesmo tempo.

— O que foi isso? — perguntou Lin, seu sorriso crescendo ainda mais.

— Não faço ideia. Quando ouvi a abertura, eu apenas… — Thomas corou, mas não parou de sorrir. — Eu realmente amava essa música quando era criança.

Houve um pequeno silêncio embaraçoso.

— Sei como é — disse Lin. — A letra é bonita. E combina com você.

— Hum? Como assim?

— A parte “Seu sorriso é tão resplandecente que deixou meu coração alegre”. E “Me dê a mão para fugir desta terrível escuridão”. — Lin cantou de novo, as maçãs de seu rosto ficando com um tom vermelho, mas seu sorriso era tímido e fofo. — Você é assim pra mim.

O coração de Thomas bateu freneticamente vendo aquela expressão. Seu rosto corou forte. Como assim, vei? Como minha esposa pode dizer isso pra mim fazendo essa carinha? Ele quer que eu peça ele em casamento aqui e agora?

A campainha do forno o poupou de pensar no que dizer.

— O jantar tá pronto. Vamos comer. — Lin ainda sorria enquanto fechava a aba com o rádio virtual e guardava o notebook.

— T-Tá…

Enquanto sentavam à mesa, Thomas não podia parar de pensar na letra. O Lin tá errado… Aquelas partes combinam bem mais com ele… O sorriso dele é totalmente daquele jeito. E o resto… Ele não conseguia parar de cantar na cabeça dele.

Mesmo que um dia eu cresça meu amor nunca terá fim… Se me der a mão, contigo eu irei a qualquer destino que esconde esse céu azul. Mas hoje eu sou esse alguém que vai te mostrar o amor que tenho pra dar… Meu alegre coração palpita por um universo de esperança. Me dê a mão, a magia nos espera… Vou te amar por toda minha vida…

Que pena que isso não tá na versão de TV.

O coração de Thomas ainda batia acelerado enquanto ele comia uma refeição deliciosa com a pessoa que mais adorava.

Capítulo anterior Próximo Capítulo

Obrigado por lerem
Espero que tenham gostado
Se curtiu Casado (♂x♂), talvez curtam outras histórias BL como Por Favor Me Chame de Professor e O Nadador e o Assistente

About phmmoura

Just an amateur writer who wishes to share the world inside his head.
This entry was posted in Casado? and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to [PT] Casado (♂x♂)? 16

  1. Pingback: [PT] Casado (♂x♂)? 15 | PHMMoura

  2. Pingback: [PT] Casado (♂x♂)? 17 | PHMMoura

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s