[PT] Casado (♂x♂)? 8

Oi pessoal XD
Depois de uma semana sem, aqui está o casal ainda não casado mais fofo que existe XD
Até coisas simples são fofas com esses dois ♥
Espero que gostem do cap

English readers, here’s the english version

Capítulo anterior Próximo Capítulo

Casado (♂x♂)? 8

Só mais um pouco, pensou Lin, acelerando. Mas não fez diferença; a luz do semáforo ficou vermelha antes que ele conseguisse atravessar a faixa. Droga…

Em vez de ficar parado e deixar o corpo esfriar, ele continuou se movendo para cima e para baixo. Preciso manter o ritmo, pensou, controlando a respiração.

No instante em que a luz ficou verde, Lin correu novamente. Assim que virou na esquina de seu prédio, ele conferiu o relógio.

— Isso! — disse alto o bastante para atrair alguns olhares, enquanto fazia um punho.

Mas aquilo não o incomodou; ele estava feliz demais por ter batido seu tempo em dois minutos.

Só porque não tenho um emprego não quer dizer que devo ficar deprimido e perder meu físico, pensou o loiro. Preciso manter isso pelo menos…

Enquanto pensava aquilo, ele não conseguiu manter os pensamentos negativos longe.

Ele tentou deixar para lá, balançando a cabeça. Não posso deixar que isso me vença…

Conforme entrava no elevador, seu celular vibrou com um e-mail. Seu coração quase saltou do peito quando leu. Uma clínica para a qual tinha enviado o currículo algum tempo atrás o chamava para uma entrevista na tarde de sexta-feira.

Faz tanto tempo que quase esqueci… Mal posso esperar para contar ao Tom sobre minha entrevista. Ele tem me apoiado tanto, pensou, sorrindo. Com o alívio inundando-o, Lin tomou uma ducha, trocou de roupas e colocou seu avental.

Mas não posso me distrair com isso. É quase hora do jantar e o Tom vai chegar logo. O que devo cozinhar para ele hoje…?

Lin cantarolou enquanto pensava nas possibilidades do que cozinhar para seu melhor amigo, seu celular vibrou de novo. Ao ver o nome de quem ligava, seu rosto se animou com um sorriso.

— Oi, Tom. Eu estava pensando em você — disse ele, animado. — Quer alguma coisa para o jantar? Vou tratar de fazer algo bem delicioso hoje!

— Quero nada — disse a voz do outro lado com um tom derrotado. — Tivemos um grande problema aqui e não posso voltar pra casa até arrumar.

— O que aconteceu? — perguntou Lin, seu sorriso e entusiasmo sumiram.

— Alguém conseguiu baixar a porra de um vírus na internet de um cliente. Fez toda a rede cair e o cliente quase perdeu tudo. Precisamos restaurar e deixar como estava antes de amanhã.

— Ah… ok… quando você vai voltar…? Talvez eu possa esperar pra gente jantar juntos — disse ele, esperançoso.

— Desculpa… Isso vai demorar um pouco. Vou pedir algo pra comer e voltar ao trabalho…

— Tá bom… boa sorte aí… até depois… — Lin podia sentir o cansaço de Tom.

Ele encarou o celular antes de guardá-lo. Faz tanto tempo desde que jantei sozinho… desde que me mudei pra cá, a gente comeu juntos quase todo dia… até quando ele chegava tarde, eu costumo esperar… é mais legal comer com ele…

Para evitar que a solidão o dominasse, Lin tirou o avental, pegou algumas sobras do almoço e esquentou. Não é bom comer algo tão pesado no jantar, mas não estou no clima pra cozinhar só pra mim…

Após terminar de comer e limpar tudo, Lin preparou alguns sanduíches. Não sei quando ele vai voltar, mas mesmo que esteja cansado, o Tom vai jogar aquele jogo em vez de ir dormir, sei bem. Agora ele vai ter um lanchinho saudável, pensou, sorrindo.

Quando terminou, ele sentou à mesa da cozinha e olhou para o apartamento.

Eu e o Tom andamos vendo aquela série na Netflix recentemente, mas… não parece legal eu assistir mais episódios sozinho…

Ele podia limpar o apartamento, mas já o fizera de manhã. Só os videogames não estão organizados…

Enquanto olhava para a TV, Lin imaginou seu melhor amigo sentado no sofá e jogando até tarde da noite. Ele é uma criança grande, pensou o loiro, sorrindo de novo. Tem hora que nem parece ter crescido.

Pensando no amigo, Lin moveu o sofá e ligou a TV. Vamos ver que jogo ele tem ficado jogando tanto esses tempos. Ele descobriu na hora, era o único que não estava na pilha precária.

Wasteland 4… parece adorável… espera… o nome é familiar… não era esse jogo que ele vivia jogando quando a gente era pequeno? Aquele RPG pós-apocalíptico… Lin não conteve o riso. Nada mudou. Ele ainda joga a mesma coisa uma década depois, a criança só tem tamanho…

Sem pensar muito, o loiro ligou o jogo…

***

Que dia de merda! Ainda não consigo entender como que um imbecil baixou um vírus de um site pornô usando a porra da rede do cliente! Pensei que eles tinham instalado algo para bloquear esses sites de merda!

Thomas estava fulminando enquanto estacionava o carro. Conforme lembrava de todos os problemas que ele e os colegas tiveram para consertar tudo, não tinha como largar as duas mãos presas com força ao volante. Aquele maldito idiota queria ver um vídeo da Marquezina transando com o Neimar! Quem vai ser babaca o bastante para não pensar que era um vírus antes de baixar essa merda?

Graças a um idiota, eu não consegui jantar com o Lin!

Quanto mais pensava, com mais raiva ficava enquanto saía do carro.

Tenho que deixar pra lá… não vai ajudar ficar guardando rancor… ah, puta merda! Não dá! Eu vou jogar até virar a noite, disse Thomas para si mesmo, apertando o botão do seu andar.

Quando ele pegou as chaves do bolso, deixou cair, ficando com mais raiva. Suspirando, ele as pegou e abriu o apartamento.

Nem chegar em casa melhorou seu humor. Acho que o Lin já foi dormir agora… ele geralmente acorda naquele horário inglório… e aí vai me acordar, pensou, guardando a mochila.

Mas assim que Thomas viu o prato coberto com filme plástico no balcão da cozinha com um bilhete, seu humor melhorou e muito.

Por todo o trabalho que você teve! Espero que sirva para recarregar sua energia, escrevera Lin, terminando o recado com um coração.

Não acredito que ele fez um sanduíche para mim, mesmo eu dizendo que não ia voltar há tempo do jantar… e esse recado… me sinto melhor só de ler isso… minha esposa é demais… mesmo que não sejamos casados…

Enquanto comia, era impossível não sentir o calor preenchendo-o. Consigo sentir o amor… Graças a deus tenho o Lin na minha vida, pensou enquanto lavava o prato. Após uma ducha restauradora, ele ligou a TV.

Foi só então que ele percebeu Lin dormindo no sofá, segurando o controle. O belo homem loiro parecia estar em paz, com a cabeça pendendo pra o lado e os lábios levemente abertos.

Thomas sorriu ao ver aquilo. Minha esposa reclama de mim, mas ele ficou jogando tanto que caiu no sono aqui, sem nem soltar o controle. Mas está faltando algo… Ele foi para o quarto e voltou com um lençol.

Após tirar o controle dele e colocar uma almofada na cabeça de Lin, ele o cobriu com um lençol, certificando-se de que seu melhor amigo estava confortável.

Só depois disso que ele ligou a TV. Caramba! O Lin já me passou! Quanto foi que ele jogou?

Tendo seus instintos de gamer atiçados, Thomas mudou para o seu perfil. Não vou deixar minha esposa zerar o jogo antes de mim, pensou, colocando os fones de ouvido para não acordar Lin.

***

Lin acordou no meio da madrugada. Ele demorou um pouco para perceber que não estava na cama. Não sei onde estou, mas é tão confortável, pensou com sono. Espera… desde quando eu estou com um travesseiro e lençol?

Com muito esforço, ele abriu os olhos. Só agora ele notou Thomas dormindo sentado ao seu lado no sofá. Quando ele chegou?

Então Lin viu o controle quase caindo das mãos dele. Aquilo o fez sorrir. Ele chega em casa após um dia exaustivo e decide jogar em vez de dormir. Ele ainda é uma criança lá no fundo. Meu crianção, pensou, tirando o controle das mãos do amigo e colocando em um lugar seguro.

Em vez de ir para a cama, Lin mudou sua posição no sofá. Após se certificar de que o lençol cobria tanto ele quanto o melhor amigo, ele descansou sua cabeça no colo de Thomas. Era bem mais confortável e quente que o travesseiro, por isso ele caiu no sono na hora.

***

Thomas acordou com o sol no rosto. Ele estremeceu e bloqueou a luz com a mão. Depois notou um amontoado de cabelo loiro em seu colo.

Logo ele vai acordar e aí me acordar para irmos correr… mas eu quero ficar assim por mais um tempo…

Sorrindo e com o coração acelerado, ele acariciou a cabeça do amigo, se sentindo o homem mais feliz do mundo.

Capítulo anterior Próximo Capítulo

Obrigado por lerem
Meio curtinho mas espero que tenham gostado
Se gostaram de Casado (♂x♂), leiam alguma das minhas outras histórias BL Por Favor Me Chame de Professor e O Nadador e o Assistente

About phmmoura

Just an amateur writer who wishes to share the world inside his head.
This entry was posted in Casado? and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

4 Responses to [PT] Casado (♂x♂)? 8

  1. Pingback: [PT] Casado (♂x♂)? 7 | PHMMoura

  2. Pingback: [PT] Casado (♂x♂)? 9 | PHMMoura

  3. Rafaela Souza says:

    KAKAA MARQUEZINA

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s