[PT] Re;Blade 25

Um pouco atrasado, mas aqui está o cap 25 de Re;Blade
Espero que gostem

 

Capítulo Anterior                                           Menu                                           Próximo Capítulo

Capítulo 25 – A espada com alma

Estava escuro e frio.

Tetsuko tentou expandir seus sentidos, mas nada mudou. Não posso sentir nada além desta sala, pensou.

Por um instante, ela pensou que tinha morrido de novo e flutuava entre os mundos. Mas sabia que não era isso. Ela não morrera outra vez.

A alma dentro da espada sabia o motivo.

Era por causa de sua nova bainha.

O ferreiro não precisou trabalhar muito nela; não havia um único arranhão na lâmina. Após limpar e a polir, ele fez uma nova bainha com aquela madeira avermelhada estranha.

Tetsuko aguardou ansiosa por seu novo lar.

Quando era humana, ela só fazia as bainhas por conta própria quando sentia que a espada era uma obra de arte. As outras ficavam a cargo do aprendiz. Foi o mesmo que seu pai com ela.

Quando o ferreiro terminou e envolveu-a com os dedos, a energia de Tetsuko saiu do controle. Foi só um pouco, mas o bastante para fazer o homem gordo derrubá-la.

Após encarar a espada com um rosto barbudo cheio de suspeitas, ele guardou a espada dentro da bainha.

Ela se sentiu ótima. Era a primeira vez que sorriu de alegria desde que veio para este mundo.

É como receber um banho quente após um dia gelado…

Ela ficou feliz demais para perceber na hora.

Até enquanto o ferreiro a colocou na estante junto às demais espadas, Tetsuko só conseguia pensar no quão agradável sua nova bainha era.

Mas, após fechar os olhos e deixar a mente divagar, ela percebeu que seus sentidos ficaram menos precisos.

Antes, alma na espada podia ouvir e, acima de tudo, sentir muito mais do que sua visão permitia. Mas, agora, esses dois sentidos eram tão limitados quanto à sua visão.

Ela não pôde nem sentir o ferreiro vindo na manhã seguinte.

É a bainha, compreendeu, toda sua felicidade sobre seu novo lar desaparecendo como se nunca tivesse existido.

Com muito esforço, apesar de seus sentidos limitados, ela pôde sentir a mesma energia corrompida emanando da madeira.

Mas como isso pode ser possível?

Tetsuko pensou muito, mas não chegou à conclusão alguma.

Por enquanto, vou focar no que posso controlar.

Quando a noite chegou e ela ficou sozinha, a alma dentro da espada fechou os olhos que não tinha.

Foco… Preciso me focar em mim mesma… focar em minha energia e ignorar a energia corrompida que me envolve…

Foi pouco, mas ela podia sentir sua própria energia. Então Tetsuko a fez diminuir de velocidade até quase parar.

Bom…

Apesar de não ter pulmões, ela respirou fundo e separou uma pequena fração da energia, fazendo-a se mover junto ao fio de seu corpo de metal.

A partícula da gelada energia azul foi da base do cabo até a ponta da lâmina, depois voltou para o outro lado.

Este é o limite do meu corpo…

Este é o limite da minha lâmina…

Mas sei que não estou limitada à ela…

Presa nessa bainha corrompida, sem saber quando Nicolas a usaria novamente, Tetsuko só pôde se focar em si mesma.

Para poder treinar controlar seus poderes, ela reviu tudo que passou até então.

Quando Alonso lutou contra aqueles três bandidos, eu fiz minha energia fluir mais rápido. Aquilo deixou a lâmina mais afiada.

É assim que perfurei as armaduras e armas que eu não conseguia antes.

Mas, graças ao frenesi da batalha, Tetsuko não percebeu na hora. Só agora, que repensou na batalha, que ela percebeu que tinha uma pequena camada de energia envolvendo sua lâmina.

Essa foi a reação da minha energia… foi o que me deixou mais afiada.

Mas, naquela hora, eu só fiz minha energia fluir mais rápido.

Se eu fizer isso…

Usando a mesma partícula de energia, ela a fez ir de um lado para o outro, circulando repetidas vezes.

Seu corpo de metal começou a vibrar levemente.

Foi quase nada. Nem fez o metal tinir. Muito menos fez a bainha tremer.

Mais… mais…

Ela separou outra parte da energia e fez a mesma coisa.

As energias se moveram em direções opostas, como estivesse para bater de frente.

O metal vibrou mais rápido.

Agora ela fazia um pouco de barulho, embora não fosse tanto.

Mais rápido!

A espada começou a tilintar.

Tetsuko conseguiu mover seu corpo de metal.

Mais!

A tremedeira ficou mais forte.

Até as dobradiças da prateleira começaram a tremer levemente.

Tetsuko colocou mais energia no redemoinho.

Algumas armas caíram da estante por causa da tremedeira, o barulho ecoando na forja silenciosa.

Ainda assim, a alma dentro da espada não parou.

Sua nova bainha começou a crepitar, como madeira sendo jogada ao fogo.

A energia queimava dentro dela.

Mesmo assim, ela não parou.

A madeira avermelhada rachou. E ela pôde ver sua própria lâmina.

No instante seguinte, sua bainha quebrou.

Tetsuko estava livre.

Seus sentidos foram inundados logo de cara. Ela sentiu todas as almas dentro do lar dos bandidos.

Mas ela não se importou com isso.

Até então, havia um limite para o que conseguia fazer com sua energia além de ficar mais afiada, não importa o quanto tentasse.

Mas agora era diferente.

Tetsuko a controlava.

Mais!

Ela tremeu tanto que caiu no chão com um grande baque de metal caindo.

Foi só aí que ela parou.

Sim, pensou, ensandecida.

Apesar de não ter corpo, ela se sentiu cansada. Cansada, porém, satisfeita.

Tetsuko não fazia ideia se a tremedeira pudera ter qualquer uso. Mas sabia que foi um passo importante para controlar a energia e a si mesma.

Ela não podia parar de sorrir, mentalmente.

Posso fazer bem mais!

— Eu sabia… eu sabia… tem alguma coisa… ali — disse uma voz baixa.

Nicolas estava parado na porta, a encarando com olhos atentos apesar da dor no rosto.

Droga! Me foquei demais em mim e não percebi ele!

Enquanto se focava em seus sentidos, Tetsuko percebeu que havia algo estranho em seu novo portador.

Então ela entendeu. Não posso sentir a energia corrompida dentro dele.

Aquele que já fora a Espada do Rei a pegou pelo resto da bainha que sobrara e fitou a lâmina, olhando para os próprios olhos refletidos na espada.

— Quem é você? — perguntou o homem com uma voz estranha.

A alma dentro da espada o fitou de volta, conferindo novamente se a energia corrompida sumira mesmo.

Apesar de estar livre por enquanto… ele parece… desesperado…

Sou Tetsuko, uma ferreira de uma terra distante, cuja alma acabou dentro desta espada, pensou ela, projetando sua energia na mão dele, esperando que seu novo portador pudesse ouvir.

— Uma humana dentro de uma espada — disse Nicolas, sem acreditar. — Eu já vi muita coisa, mas isso… Eu sabia que havia algo na espada quando você absorveu a alma daquele soldado… mas pensar que fosse um humano…

Você sentiu aquilo?

O homem assentiu. Então seus olhos perderam o brilho por um instante.

— Merda… ele vai despertar logo — disse Nicolas, pressionando suas têmporas com a mão livre.

Dale, entendeu Tetsuko. Apesar da dor, o homem assentiu. Então era ele quem planejou a queda de Alonso…

— Sim — disse ele, com uma voz sofrida.

Mas por quê? O que ele ganharia manipulando tudo isso? Como você foi dominado por essa energia corrompida?

— Porque… ele quer mais peões… Especialmente nobres importantes…

Nicolas fechou os olhos, tentando suportar a dor.

Ao mesmo tempo, Tetsuko sentiu a energia corrompida dentro do homem. Era como uma gota em um lago, mas tentava crescer.

Apesar de suprimi-la, Nicolas estava perdendo o domínio.

— Não tenho tanto tempo… Dale tem um plano… Eu não sei… o que é… Mas ele colocou sua energia corrompida dentro de mim dez anos atrás… Eu perdi tudo por culpa dele… e agora ele quer o Alonso…

Nicolas ficou de joelhos, arfando.

Apesar da dor do portador, Tetsuko não sentiu nada.

Por que você está me dizendo isso? Sou só uma espada.

— Porque, se você pode devorar almas, pode devorar a energia dele… Eu não posso enfrentá-lo… Estive perdendo para ele por dez anos. Mas se você puder devorá-lo… ou ao menos uma parte dele… Eu posso… me libertar…

Nicolas descansou, apoiando-se contra a parede.

Se eu puder realmente devorar aquela energia corrompida, ela se tornará parte de mim, pensou Tetsuko, mais para si do que para o usuário.

Ela sabia que era arriscado. Mas se eu aprender a usar minha energia… mais a dele…

A energia corrompida estava quase com força total, mas os olhos de quem um dia foi a Espada do Rei ainda mantinham o fogo da alma dentro deles.

Se corte com minha lâmina, Tetsuko projetou o pensamento com a sua energia.

Nicolas não hesitou.

Ele segurou o braço e colocou a lâmina contra a pele.

Então ele puxou Tetsuko pelo cabo.

Enquanto a lâmina cortava sua carne e o sangue fluía, ela sentiu a energia corrompida correndo dentro de si.

Foi como se ela pulasse dentro de um lago congelado.

Tetsuko sentiu sua mente sendo arrastada por uma correnteza.

Merda… é mais poderoso do que pensei…

Ela fechou os olhos e se focou no corte de seu corpo, em sua energia.

Eu sou Tetsuko… Eu sou Tetsuko… disse para si mesma, como se aquelas palavras fossem uma âncora para sua consciência.

Aos poucos, as energias se acomodaram dentro dela. Mas não estou devorando a energia corrompida… e ela não está tentando me controlar…

Nicolas arfou demais.

— Eu senti… você devorou parte dele… não foi…?

Sim… é mais forte do que pensei…

— Você não… tem ideia… — Nicolas fechou os olhos, tentando lutar contra a energia corrompida. — Você pode devorá-la por completo…?

Tetsuko pensou por um instante.

Depois sorriu.

Posso tentar.

Apesar da dor, Nicolas abriu um olho e sorriu.

Capítulo Anterior                                           Menu                                           Próximo Capítulo

Obrigado por lerem
Espero que tenham gostado.
Terça que vem tem mais

Se gostam da história e quiserem ajudar, me apoiem no Apoia-se e se inscrevam na minha lista de emails para não perder nenhuma novidade.

About phmmoura

Just an amateur writer who wishes to share the world inside his head.
This entry was posted in Re;Blade PT and tagged , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to [PT] Re;Blade 25

  1. Pingback: [PT] Re;Blade 24 | PHMMoura

  2. Pingback: [PT] Re;Blade 26 | PHMMoura

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s